Category Archives: Eventos

Anúncio de Emprego – Terapia da Fala (Lisboa)

 

Procuramos Terapeuta da Fala com experiência em Neurodesenvolvimento Infantil para integrar a nossa equipa. Os interessados deverão enviar o CV para secretaria@diferencas.net 

 

Estudo europeu sobre pandemia por COVID-19 em crianças

Até ao fim deste mês de maio está a decorrer um estudo europeu, integrado no projeto de investigação EUROlinkCAT, que tem como um dos objetivos mais importantes conhecer a perceção de pais e cuidadores (de crianças até aos 10 anos, nascidas com cardiopatias severas; espinha bífida; fendas do lábio ou do palato e trissomia 21) sobre o modo como a pandemia da COVID-19 poderá ter afetado o(a) seu(sua) filho(a), os seus cuidados médicos, suporte e vida familiar. Em Portugal é Registo Nacional de Anomalias Congénitas, sedeado no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, que coordena este projeto.

De modo a conhecermos melhor o efeito deste ultimo ano na saúde das nossas crianças, vimos solicitar que preencha, e divulgue pelos outros pais, este endereço para responder ao questionário online, que está disponível em português: https://bit.ly/3dgDUVt

Doe, sem encargos, 0,5% do seu IRS… Um pequeno gesto que fará a DIFERENÇA!

image001

A sustentabilidade da nossa instituição e a dinamização de novos projectos poderá depender do seguinte gesto:
Ao preencher o IRS, escreva o número de identificação fiscal da Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 (502 465 298) no campo 1101 do modelo 3.

Vacinação das pessoas com trissomia 21

Prezados amigos:

Relativamente à vacinação das pessoas com T21 de idade superior a 16 anos, recebemos a seguinte informação por parte da Task Force para a vacinação contra o SARS-CoV-2:

… Decorrente da norma nº002/2021 de 10 de março de 2021, dentro da fase de salvar vidas foi acrescentado o grupo de Trissomia 21 (com 16 ou mais anos de idade)

 Junto da DGS foram identificados 1027 pessoas que já estão a ser convocadas na presente semana para serem vacinadas nos centros de saúde.

 Assim, propomos que seja este o procedimento que os familiares de portadores de Trissomia 21 deverão adotar: