Estudo europeu sobre pandemia por COVID-19 em crianças

Até ao fim deste mês de maio está a decorrer um estudo europeu, integrado no projeto de investigação EUROlinkCAT, que tem como um dos objetivos mais importantes conhecer a perceção de pais e cuidadores (de crianças até aos 10 anos, nascidas com cardiopatias severas; espinha bífida; fendas do lábio ou do palato e trissomia 21) sobre o modo como a pandemia da COVID-19 poderá ter afetado o(a) seu(sua) filho(a), os seus cuidados médicos, suporte e vida familiar. Em Portugal é Registo Nacional de Anomalias Congénitas, sedeado no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, que coordena este projeto.

De modo a conhecermos melhor o efeito deste ultimo ano na saúde das nossas crianças, vimos solicitar que preencha, e divulgue pelos outros pais, este endereço para responder ao questionário online, que está disponível em português: https://bit.ly/3dgDUVt

Agradecemos a disponibilidade que possa dispensar a este assunto e reiteramos a importância de ouvir os pais e cuidadores para melhor compreender as experiências das famílias e o modo como a pandemia por COVID-19 poderá ter afetado a vida de cada um.

Por favor não hesite em contactar a equipa do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge ou da Universidade de Saint George de Londres, se tiver alguma dúvida ou desejar um esclarecimento.