Investigação sobre Saúde Oral

No âmbito do Curso de Especialização em Odontopediatria (grosseiramente, a área da Medicina Dentária subespecializada no acompanhamento de crianças e adolescentes) da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto (Coordenador: Prof. Doutor David Casimiro de Andrade), irá ser conduzida uma investigação sobre o estado de saúde oral de crianças e de adolescentes com trissomia 21 e dos seus irmãos (um grupo de controlo constituído pelos irmãos permitirá “descontaminar” variáveis relacionadas, entre outras, com a hereditariedade, os hábitos alimentares e os hábitos de higiene).

Este estudo, para além do conhecimento do estado de saúde oral individual das crianças e adolescentes com trissomia 21, permitirá, também, conhecer a prevalência da patologia oral na população pediátrica com trissomia 21, objectivo imprescindível para a formulação de recomendações relativas à prevenção, à vigilância e à terapêutica neste domínio específico da medicina.

Os resultados preliminares deste estudo serão conhecidos, espera-se, no decurso da reunião dedicada a esta doença genética:

TRISSOMIA 21: TRÊS DÉCADAS A FAZER A DIFERENÇA, que se desenrolará nos dias 19 e 26 de Outubro e 9 de Novembro de 2019, em Lisboa, com a participação de reconhecidos peritos nacionais e internacionais na matéria.

https://jornadastrissomia21.home.blog

Assim, vinha exortar toda as famílias com crianças e adolescentes com trissomia21 a colaborarem neste estudo.

Pode consultar mais informações, acerca do estudo em questão, AQUI.

 

Miguel Palha – Pediatra do Neurodesenvolvimento

Director Clínico do Centro de Desenvolvimento Infantil DIFERENÇAS.